Geoparks
| Inscrição na Newsletter

FAQ/Perguntas Frequentes

Qual a entidade gestora do Geopark Naturtejo?

O Geopark Naturtejo é gerido pela Naturtejo EIM, empresa de capitais maioritariamente públicos, constituída pela Associação de Municípios Natureza e Tejo (Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão) e por associados privados.

Quem pode ser um parceiro do Geopark Naturtejo?

Para ser parceiro do Geopark Naturtejo é necessário tornar-se associado da Naturtejo EIM, tendo como objectivo a promoção e valorização turísticas dos municípios que dela fazem parte, visando o aproveitamento equilibrado das suas potencialidades e recursos, tendo em conta o património histórico, cultural e natural.

Quem pode utilizar os logótipos do Geopark Naturtejo?

Os logótipos podem ser usados pelos municípios e empresas associados do Geopark Naturtejo. Noutras situações deve ser pedida autorização específica e definida a forma de utilização. 

Que restrições impõe o Geopark Naturtejo no seu território?

Os geoparques não estão regulamentados na legislação assim o Geopark Naturtejo não impõe nenhuma restrição. 

Que legislação se aplica aos geoparques?

Os geoparques estão sujeitos à legislação de cada país. Actualmente, em Portugal, os geoparques são considerados figuras supranacionais, de acordo com o Decreto-Lei 142/2008 que estabelece o regime jurídico da conservação da natureza, porém não são feitas restrições.

 

Como são financiados os Geoparques da Rede Global de Geoparques?

Os geoparques possuem o seu financiamento próprio, através das suas estruturas locais e/ou projetos nacionais e europeus.

É permitida venda de fósseis, rochas ou minerais nos Geoparques?

De acordo com a Carta dos Geoparques, aceite por todos os geoparques que integram a Rede Global de Geoparques, a venda de material geológico não é permitida em locais que pertençam à estrutura organizativa do Geoparque.

O Geopark Naturtejo dedica-se exclusivamente à Geodiversidade?

O Geopark promove o desenvolvimento sustentável do território com base nos seus valores patrimoniais, incluindo não só a Geodiversidade, mas também a Biodiversidade e o Património Histórico-Cultural, envolvendo todos os agente locais, empresários e habitantes.

O que é um Geoproduto?

Um Geoproduto é uma nova oportunidade de negócio, que combina produtos tradicionais com abordagens inovadoras com a chancela Geopark, desde geodoces à joalharia ou aos vinhos.

Quais os benefícios para o território Naturtejo do estatuto de Geoparque?

Este foi o primeiro geoparque português, que tem usufruído de promoção nacional e internacional ao nível das Redes Europeia e Global de Geoparques, do selo de qualidade assistido pela UNESCO, de um substancial aumento do número de visitantes (incluindo turistas, estudantes e professores), de uma estratégia de desenvolvimento turístico e de estratégias de geoconservação e de valorização dos patrimonies e recursos turísticos.

 

Como é mantido o estatuto de Geoparque?

Os geoparques são avaliados a cada 4 anos, segundo critérios detalhados definidos pela Rede Global de Geoparques. Se o geoparque cumprir com todos os critérios é-lhe atribuído um “Cartão Verde”, com ou sem recomendações, se forem detectados problemas significativos é atribuído um “Cartão Amarelo” e um período de dois anos para corrigir esses aspectos até nova avaliação. 

 

Existem outros geoparques em Portugal?

Existem, actualmente, 4 geoparques em Portugal: Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, Geopark Arouca, no concelho de Arouca, Açores, no arquipélago dos Açores e Geopark Terras de Cavaleiros, no concelho de Macedo de Cavaleiros.

 


« Voltar

Geopark Naturtejo

Geopark Naturtejo © 2017 Todos os direitos reservados


Créditos Fotográficos:
Pedro Martins
Banco de Imagens do Geopark Naturtejo

Desenvolvido por citricweb.pt